A importância de pedir bem

 

A transmissão de informações na rede sempre será entre pessoas. A comunicação entre os seres humanos é um fenômeno ao qual a ciência muito tem se dedicado. Existem várias teorias a respeito. Em geral, todas elas falam de um emissor, o conteúdo, um meio e um receptor.

DIÁLOGO

A figura ao lado representa a ação principal naquele intervalo entre o cliente e o fornecedor. Esse momento é o mais importante no processo de satisfazer as suas necessidades. Esse post comenta alguns cuidados que você deve ter ao formular o pedido. Pode parecer estranho, mas já tive a experiência de saber que uma pessoa queria um cachorro e acabou ganhando um gato. Uma criança, contando para a sua mãe como seria o animal que pretendia ganhar no seu aniversário, encerra descrevendo como ele seria bem peludo e preto. O seu pai, na sala ouviu só o tal encerramento. Mais tarde, perguntada pelo pai sobre o seu presente, a criança relutou em dizer e deu só duas dicas: “peludo e de quatro patas”: ganhou um gatinho preto!

Identificada a sua necessidade, você trata das ações para satisfazê-la. O primeiro passo é definir o que satisfaz, depois o fornecedor e o meio como lhe fazer chegar a comunicação: você vai lá, ou fará pedido pelo telefone, internet?

Independente do meio que se utilizar, a velha e boa regra das três palavrinhas mágicas sempre funciona e é recomendável. Bom dia, por favor e muito obrigado! Diga o que quer, a quantidade e a descrição de algum detalhe que, por ventura você deseje e o fornecedor não especifica como usual. Diga que você aguarda para receber ou combine os detalhes sobre o local de entrega, tempo de espera, agenda para recebimento e autorização de outra pessoa.

Alguns fornecedores têm seus produtos codificados para facilitar e simplificar a vida. Use o código adotado por ele. Para o caso de serviços a coisa fica um pouco mais complicada. Todo o serviço tem uma definição geral, mas a adequação para você depende da sua capacidade de expressar a sua necessidade. Quando o seu pedido é dirigido a um serviço de emergência, Policia Militar ou emergência de saúde, o estado nervoso entra em cena e complica a comunicação entre você e o atendente. Quando for este o caso, tente manter a calma e diga seu nome e o local aonde se encontra e porque esta solicitando ajuda. O atendente lhe fará uma série de perguntas mas, com os primeiros dados que lhe foram passados, ele já terá despachado alguém para lhe atender.

Com os exemplos de uma situação tranquila, dentro de casa, apesar da troca de bichinho no presente; a realização de um pedido de compra ao vivo ou por meio eletrônico; e um pedido em clima de emergência resta comprovada a importância do pedido, dentro do processo de comunicação entre cliente e fornecedor, como momento de por em funcionamento todo o sistema montado para lhe atender.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s